terça-feira, 1 de maio de 2012

pensa(r)ei



enlaço tua história na palavra
tropeço na matéria
apagada da memória
nesse jogo do sentido
cheio de regras e deslizes
percorro a via incontornável
dispersa, inacessível
do pensamento
saio do meu corpo
posição de entremeio
num universo em expansão