segunda-feira, 5 de novembro de 2012

tesouro



macia cor que te guarda
suave idade
olhos para o coração
que se faz pólen
alma para o vento
que se faz flauta
a soar primavera
a esperar o encanto pássaro
a descobrir e se por
na quieta rósea flor
tesouro que espalha e semeia
indizível silêncio
mergulho do olhar extático
no espanto barulho do medo
na alegria suave do amor
- foi só um beijo!


Nenhum comentário:

Postar um comentário