segunda-feira, 14 de março de 2011

Barbeador

Foto: Ricardo Magalhães

O que me faz te amar...
é a tua verdade quando estás comigo
como a natureza feliz ou feroz em si mesma
é o que é... natural...
Não há máscara...
Apenas transparência 
visceral... universal...
E por te conhecer assim profundamente...
fico em silêncio quando te vejo...
admiro teu riso, tua cólera, teu pranto
admiro o homem que vejo por dentro...
forte intenso coerente
teu riso - água que relaxa o corpo
tua cólera - água que inspira respeito
teu pranto - água que deságua o poeta
você é o que é
e o que é me faz te amar te olhar 
com o mesmo êxtase com que olho o mar
poder mistério sabedoria
e por mergulhar assim dentro de ti
não sei mais quem eu sou 
transparente que estou no teu braço
sou teu riso tua cólera teu pranto
sou de ti um pedaço, um passo, um laço....

Nenhum comentário:

Postar um comentário