quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Colírio

Foto: Ricardo Magalhães

O medo de te perder está implícito
em tudo que eu faço
Medo tolo...
Não é possível te perder
se te tenho é dentro do peito
seguro, guardado, infinito
Medo tolo...
Ninguém é de ninguém
não é possível perder
o que não se tem

O amor liga as pessoas
de modo intenso, voraz, visceral
Somos um
Eu sou você
Se te perder perco a mim mesma
Se sou você, te tenho pra sempre
enquanto houver em mim
o fôlego que me sustenta

Tenho que me amar e ser feliz
pra te ter do meu lado
Gostamos de coisas belas
É cuidando de mim
que vejo teu sorriso estampado,
coração aberto, abraço apertado
Um beija-flor 
Sempre no meu jardim...

Nenhum comentário:

Postar um comentário